Estación Quilmes: 06-abr-2011

  Caetano Veloso

6 de abril de 2011


   

O Leãozinho


Gosto muito de te ver Leãozinho
caminhando sob o sol
gosto muito de você Leãozinho

Para desentristecer Leãozinho
o meu coração tão só
basta eu encontrar você no caminho

Um filhote de leão, raio da manhã
arrastando o meu olhar como um ímã
o meu coração é o sol pai de toda a cor
quando ele lhe doura a pele ao léu

Gosto de te ver ao sol, Leãozinho
e de te ver entrar no mar
tua bele, tua luz, tua juba

Gosto de ficar ao sol, Leãozinho
de molhar minha juba
de estar perto de você
e entrar Numa.




Me gusta verte, leoncito
caminando bajo el sol
Me gustas mucho, leoncito

Para desentristecer, leoncito
a mi corazón
basta encontrarte en el camino

Un cachorro de león, rayo de la mañana
arrastrando mi mirar como un imán
mi corazón es el sol, padre de todo color
cuando le dora la piel al león

Me gusta verte en el sol, leoncito
de verte entrar en el mar
tu piel, tu luz, tu juba

Me gusta quedarme en el sol, leoncito
mojar mi juba
estar cerca de ti y entrar en una.



Caetano Veloso
Brasil – 1942